Dieta da Proteína (Low-Carb), Aprenda como Emagrecer Rápido

Aprenda passo a passo como fazer um dieta Low-Carb (baixo carboidrato) e emagreça de verdade para sempre de forma fácil, rápida e com muita saúde.

Por Equipe Redação em 2 de janeiro de 2017
Dieta Proteína

Se você quer perder peso rápido sem abrir mão da quantidade de comida que se pode comer ao longo do dia, a nova dieta da proteína pode ser uma grande aliada na hora da briga contra a balança.

Esta dieta já passou por várias adaptações, sendo as mais famosas a dieta Atkins, dieta South Beach, dieta metabólica, dieta Dukan e muitas outras, porém em todas elas a base da alimentação são as proteínas.

Como fazer a dieta da proteína

Como você já deve imaginar, este tipo de dieta foca bastante em consumo de proteínas como carnes, ovos e queijos gordos, todo o carboidrato deverá ser reduzido ou mesmo excluído da sua alimentação para ter os melhores resultados.

Quando se priva o corpo te carboidratos, acontece um processo chamado “cetose”, que é quando a mágica para perder peso acontece, já que a sua insulina é controlada e o corpo começa a metabolizar gordura com maior facilidade.

A dieta de proteína é uma dieta restritiva, ou seja, você terá que abrir mão de um grupo alimentar, neste caso, toda e qualquer tipo de fonte de carboidratos de alto índice glicogênico. As quantidades neste tipo de dieta não são importantes, então você não deve se preocupar com o quanto comer e sim com o que comer, sabendo disso, vamos seguir em frente.

Dieta de Proteínas, alimentos permitidos (qualquer quantidade)

Alimentos permitidos na dieta de proteínas

Este primeiro grupo são de alimentos que você pode comer em qualquer quantidade:

Atum, Carne de Porco, Carne de Aves, Carne de Vaca, Peixe, Nata, Presunto & Presunto Cozido, Bacon, Lingüiça de Porco, Salaminho, Cópa, Ovos, *Queijos gordos, Sashimi.

*Sempre use queijo industrializado e veja na embalagem se ele é 0 carboidratos. 

Alimentos com restrições

Dieta da Proteína - Alimentos com restrições

Na primeira semana você deverá consumir somente os alimentos permitidos, em qualquer quantidade, após este período você poderá adicionar algum destes alimentos em sua dieta, com a restrição de até 1 xícara por dia. Após o primeiro mês você poderá ir ajustando esta quantidade até encontrar o ponto em que o seu organismo continue perdendo peso.

Repolho, Alface, Tomate, Vagem, Couve-Flor, Brócolis, Pimenta, Cebola, Pepino, Abobrinha, Quiabo, Nabo, Rabanete, Acelga, Jiló, Salsa, Chicória, Escarola, Palmito, Berinjela, Azeitonas, Pimentão, Espinafre, Couve, Agrião, Rúcula, Chuchu e Tomate. – Doces: Gelatina Diet (Adocyl, Doce Menor e Sucryl), chiclete sem açúcar, chocolate com 0 carboidrato.

Alimentos proibidos na dieta de proteína

Alimentos proibidos na dieta de proteína

Como o próprio nome já sugere, estes alimentos não são permitidos em nenhuma quantidade ao longo de sua dieta, confira a lista:

Abóbora, Açúcar, Adoçantes com Frutose, Adoçantes com Lactose, Água Tônica, Almôndegas, Amendoim, Amidos, Arroz, Balas, Banana, Batata, Beterraba, Biscoito, Bolachas, Bolos, Caju, Carboidratos, Catchup, Catupiry, Cereais, Chiclete, Doces, Ervilhas, Farinha, Feijão, Figos, Frutas, Frutas Secas, Gelatinas, Geléia, Leite, Leite Desnatado, Macarrão, Mandioca, Massas em Geral, Mel, Milho, Mortadela, Panquecas, Pão, Passas, Petiscos, Queijo Fresco e Mineiro, Salsicha, Soja, Sorvetes, Suco de Frutas, Tâmaras, Trigo, Yogurt.

Resumo da dieta

Como você viu, é bem simples fazer a dieta, veja só os passos resumidos por ordem:

  • Primeira semana – Somente alimentos permitidos, qualquer quantidade
  • Segunda semana – Alimentos permitidos + 1 xícara dos alimentos com restrições
  • Após 1 mês da segunda semana – Ajuste a quantidade de alimentos com restrições de modo que você continue perdendo peso gradativamente.

Atenção: Consumir qualquer alimento da lista de proibidos faz você quebrar o ciclo de cetose, se isso acontecer, deverá recomeçar a dieta do zero passando pela primeira fase de uma semana com somente os alimentos permitidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *